sábado, 24 de dezembro de 2011

Natal?


Quando criança, ficava com os nervos a flor da pele esperando o natal, não pra ganhar presentes, na verdade, agradeço meu pai eternamente por nuncanunca nunquinha em sua vida, me plantar a expectativa de ganhar presentes, de pensar em presentes feito louca, de passar o ano esperando pelo tal papai noel, eu ficava ansiosa esperando meus primos distantes que vinham nos visitar nessa época, ficava radiante com a idéia de brincar de queimada na rua até tarde, de tomar banho de chuva, aquela chuva de verão, de ter meu pai de férias brincando comigo o dia todo, hoje vejo, que esperava essa época do ano pelos motivos certos.
Nunca precisei me comportar para o papai noel me trazer presentes, era como era, pois meu pai, que sempre foi Paimãe, me respeitava e o vendo me respeitar, só podia fazer igual, nunca fui de pedir brinquedos, ele simplismente me entendia, e assim, sempre que me presenteava, acertava em cheio, isso é até hoje, assim ele me ensinou, talvez sem querer, o quão importante é o vínculo entre pais e filhos, a sintonia que se dá só através do respeito, e os presentes não tinham datas determinadas, ele me presenteava de coração, sem data, pelo motivo certo, o motivo era porque:"Eu pensei em você", me dando assim mais uma valiosa lição.
A religião é outra coisa que sempre foi abordada de maneira suave em minha vida, sempre muito energética, sem pecados, minhas rezas sempres foram agradecimentos, não para um ser barbudo que nos julga, mais sim, para natureza, para tudo que nos cerca, e assim, minha vida, minhas crenças se formaram mais leve....e assim uma coisa ligando a outra, meus natais foram feitos.
Hoje, depois que me tornei mãe, vejo ainda mais a importância das atitudes (sempre) positivas e sensatas do meu pai, hoje, me espelho nele para educar meu filho, e vamos assim, remando contra a maré, contra dezembros vermelhos, consumistas e americanizados para tentar mostrar ao meu filho o verdadeiro Natal, que quando ele for um homem feito, suas recordações tenham gosto de reencontro, cor de banho de chuva...Que esse seja meu legado.

Um comentário:

  1. Passei e resolvi ficar...
    Te seguindo!

    http://www.tarcianeamorim.com.br/

    ResponderExcluir